outubro 08, 2009

Não se preocupe, laceia ...

Pois é, estava eu lá no shopping, em uma loja de roupas masculinas a experimentar uma calça. Olhava de um lado, puxava a barriga pro outro, dava aquela estufada no peito - afinal de contas, estava eu em frente a um espelho, tinha que ficar gatinho. Mais uma olhada na bunda - aquela em que você empina o cóccix e gira o pescoção pra trás (sei que vou ouvir um monte por causa disso. Mas aposto que TODOS fazem a mesma coisa) e veredito fechado, "Não vai dar não, está um pouco apertada, e é mais fácil eu engordar do que emagrecer!".

Ao que me responder o vendedor, "Não se preocupe Alexandre, esse tecido laceia com o uso. Vai ficar perfeita a calça."

E é aí que o bicho pega e eu começo a ficar puto.

Você já percebeu que quando você está comprando roupa os vendedores sempre vão te dizer o que você quer escutar sobre a peça em que está interessado?

Funciona assim:

Se você diz "É, tá boa! Mas um pouquinho apertada.", adivinha o que o vendedor vai dizer? "Não se preocupe amigo, é só usar que laceia!". Mas se você tivesse dito "É, tá boa! Mas um pouquinho larga.", sem dúvida alguma a resposta seria  ...

Quem quer tentar adivinhar? ...

Isso mesmo, a resposta é, "Besteira, quando lavar encolhe um pouquinho.".

Não ache que eu estou dizendo que eles estejam errados, afinal de contas o que você espera? É como perguntar para aquela moça do Sul, que trabalha como modelo e mora num flat se o seu pequeno amigo da região centro-pubiana é grande. Por algum acaso do destino você acha que há alguma chance de ela te dizer a verdade e mandar logo um "Grande!? Ah vá! Parece mais com uma cabecinha de tartaruga; pequenininho, enrugadinho e pra dentro!".

O meu problema não é com o fato dos vendedores mentirem, afinal eles só querem fazer o trabalho deles - vender - e se você não percebe que ele está te embromando, o problema é seu!

Minha implicância é com o fato de eles nos falarem os dois lados da mesma mentira, e, às vezes, sobre a mesma peça de roupa.

Será que eles acham que nós temos amnésia Miojo (instantânea)? Ou que nós somos burros mesmo?

Bem, isso me lembra de uma passagem com a minha esposa... Estava ela a reservar um vôo de São Paulo para Londrina, e o trecho de volta era meia hora mais longo que o de ida. Ela curiosamente pergunta para a atendente 'Por que a volta demora mais que a ida?', a resposta vocês não vão imaginar .... 'Minha senhora, vou estar verificando .... é por causa do fuso!', FUSO de São Paulo para Londrina!!!!..... Pode uma coisa dessas?

Voltando ao mentiroso, digo, vendedor .... é exatamente nesse momento que eu decido logo que não vou levar porra nenhuma da loja, não quero incentivar esse mal hábito da mentira!

3 comentários:

  1. Como sempre, Serpa, esse é mais um caso em que sua revolta passou longe... hehe...

    ResponderExcluir
  2. Serpa, esse negócio de empinar o cóccix é muita, mas muita, bichisse.

    Wagner Scatolin

    ResponderExcluir
  3. Serpa, no que você foi virar meu amigo... num blogueiro? Mas gostei da sua retórica, vc tem jeito tb para essa coisa...

    Abcs,

    Fávero.

    ResponderExcluir