julho 26, 2011

Envelhecendo com os reflexos melhorando, pode Arnaldo?

Estou eu à beira dos quarenta, uma barreira atualmente mais psicológica que, de fato, física. Algumas preocupações dos velhos mais antigos já não são mais preocupações para a nossa geração de velhos. Afinal de contas depois do sildenafil ninguém mais se preocupa em ficar broxa; a preocupação com a sacanagem dos amigos por causa do exame de próstata já é mouca, pois todos os amigos já o fizeram, ou o farão em breve (o plano de saúde com checkup da empresa obriga, e quem tem telhado de vidro não joga pedra para cima); a morte ainda está longe, pois já esperamos viver razoavelmente bem até os oitenta etceteras etceteras ....

Mas apesar de estar à beira dos quarenta, algo me intriga, algo que não faz sentido nenhum, algo inversamente proporcional ao que deveria ser .... meus reflexos hoje estão melhores que os mesmos reflexos quando eu tinha meus vinte anos de idade.

É verdade. Tenho me assustado como consigo rapidamente catar em meia queda aquele shampoo que derrubei no banho. Consigo rapidamente pegar aquele naco de comida que escapou no meio do caminho até a boca. Até consigo antecipar a posição da bola de futebol que vem em minha direção (algo que quem me conheceu aos vinte sabe ser muuuuuito improvável).

Não posso esconder que fiquei orgulhoso de mim mesmo. Consegui explicar essa melhora improvável com base no fato de que hoje faço muito mais exercícios do que fazia aos vinte. Também, por conta da minha maior 'experiência de vida' tenho mais calma para me atentar ao que se passa a meu redor (não, não sarei do meu transtorno com déficit de atenção e hiperatividade, continuo o mesmo esquilinho inquieto). E não posso deixar de citar que sendo ex-auditor e atualmente Compliance Officer, tenho que ficar muito mais atento aos potenciais acidentes nem tão acidentais assim que eu possa vir a sofrer (quem tem tem medo, já dizia o ditado popular).

MAAAAS, quem me conhece sabe que eu sou um cara lógico. Se algo não faz sentido, então, muito provavelmente, algo está errado, você só precisa saber onde procurar. É como quando você nunca foi o cara mais paquerado da turma, mas a mina mais gata da balada está dando mole para você ..... não tem mágica, não faz sentido, e se você chegar mais perto vais perceber que o pomo de adão dela é maior que o seu ....

Então, se não faz sentido, resolvi procurar a resposta correta, e pasmem, a encontrei ...... não são os reflexos que estão melhores, é a memória que está pior e me prega peças me fazendo achar que o reflexo há vinte anos era pior ....

Nenhum comentário:

Postar um comentário